O GIBI

Moisés Gibi sempre foi um lutador, mas foi aos dezessete anos que o esporte apareceu em sua vida alimentado pelo sonho de vitória e espírito guerreiro. Não demorou muito para que o até então franzino Gibi ganhasse destaque nos treinos e que seu corpo começasse a responder à dura disciplina exigida pela luta. Seu auto controle e observação também se desenvolviam juntamente à força e precisão dos golpes – olhar o oponente nos olhos e decifrar seus pontos fracos: a grande sabedoria de um guerreiro. O esforço se traduz em diversos títulos pelo país que evoluem para competições internacionais até que se consagra um grande campeão, um tetra campeão mundial na modalidade:

-Low Kick 2002 – vitória contra Eric Perros (FRA) no Brasil
-Low Kick 2004 – derrotou Francisco Pancho (Mex) na casa do oponente
-Thai Kick 2005 – realizado em Portugal, venceu Germano (PORTUGAL)
-Muay Thai 2007 – venceu Adam (AUS) no campeonato realizado na Tailândia.

Mas as vitórias são também e pessoais e o esporte ganhou com isso: Moisés Gibi dedicou-se ao ensino da arte do Muay Thai, formando instrutores e lutadores, divulgando o esporte e seus valores de esforço, disciplina e luta. Hoje seu método é utilizado em todo país representado por instrutores que aprenderam com Gibi e carregam hoje a sua marca. O Campeão se empenha cada vez mais para propagar o esporte e reconhecer talentos: fruto dessa empreitada são as marcas “The Challenge” e “GMTF”, grandes eventos voltados para o Muay Thai que serão iniciados a partir de março deste ano.